Oferta!

MAGNÉSIO 150 MG + CROMO 250 MCG + VIT. D3 1000UI – 60 CÁPSULAS

R$55,00

O magnésio ajuda a manter uma função muscular e nervosa normal, mantém o ritmo cardíaco estável, suporta um sistema imunológico saudável, e mantém os ossos fortes. O magnésio também ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue, promove uma pressão sanguínea normal, e é conhecido por estar envolvido no metabolismo da energia e na síntese da proteína. Existe um maior interesse na função do magnésio na prevenção e gerenciamento de transtornos como hipertensão, doença cardiovascular, e diabetes. O magnésio alimentar é absorvido nos intestinos delgados. O magnésio é eliminado pelos rins.

O Cromo é um mineral naturalmente encontrado em alguns alimentos por exemplo carne, ovo, cenoura, brócolis, batata, grãos, entre outros. Além da alimentação, o cromo também pode ser encontrado em suplementos alimentares. No entanto, devido ao fato de muitas pessoas não conseguirem obter as quantidades ideais de cromo por meio da alimentação, é recomendado o consumo do suplemento.

As principais funções da Vitamina D3 no nosso organismo são, auxiliar o sistema imune e facilitar a absorção do cálcio pelo organismo. De extrema importância para o bom desenvolvimento dos ossos e dos dentes a Vitamina D3 também ajuda prevenir algumas doenças como obesidade e diabetes.

SKU: PVO1000006997 Categoria:

Descrição

O Magnésio é essencial para centenas de reações químicas no corpo. Funciona como uma coenzima (participa em mais de 300 reações enzimáticas!) para a função adequada dos nervos e músculos, formação de ossos e metabolismo de energia. Estudos recentes sugerem que é particularmente importante para a função cardíaca adequada. O corpo armazena 60% de seu magnésio nos ossos, 26% nos tecidos do músculo e o magnésio restante é armazenado nos tecidos macios do corpo.
A complementação de magnésio pode ser indicada quando uma condição ou problema de saúde específico causa uma perda excessiva de magnésio ou limita a absorção de magnésio. Alguns medicamentos podem resultar na carência de magnésio, incluindo alguns diuréticos, antibióticos, e medicamentos usados para o tratamento de câncer (medicamento antineoplásico).

BENEFÍCIOS:

– Ajuda a converter carboidratos, proteínas e gorduras em energia;
– Equilibra e regula o metabolismo do cálcio, potássio e sódio;
– Requerido para função muscular normal;
– Pode ajudar a função pulmonar saudável;
– Necessário para o crescimento dos dentes e ósseo saudável;
– Envolvido na transmissão dos impulsos nervosos e contrações musculares;
– Demonstra inibir a formação de pedras nos rins;
– Pode suportar níveis saudáveis de colesterol.
O CROMO é um oligoelemento essencial que é fundamental para o corpo. Como foi primeiro descoberto como um oligoelemento essencial em 1955. Em 1959, o mineral foi identificado como um componente ativo na nutrição humana. Sabemos que o cromo é um parceiro essencial para uma eficiente ação da insulina. Insulina é um hormônio que estabiliza o nível de açúcar no sangue do corpo.
O corpo de uma pessoa com saúde mediana contém apenas vários miligramas de cromo. Entretanto, esta pequena quantia exerce papéis importantes na melhoria da eficácia da insulina, regulação dos níveis de açúcar no sangue, e a ativação de várias enzimas para produção de energia. Acredita-se que a maioria das pessoas têm algum grau de depleção de cromo no corpo, e que a dieta e os hábitos alimentares ocidentais frequentemente não fornecem o cromo suficiente para as necessidades diárias. Boas fontes de alimentos com cromo incluem pães e cereais integrais, carnes magras, queijos, e alguns condimentos, como pimenta-do-reino e tomilho. A levedura nutricional também é rica em cromo.

BENEFÍCIOS:

– Uma parte vital do mecanismo natural do corpo para controlar os níveis de açúcar no sangue;
-Ajuda a prevenir doenças cardíacas coronárias;
-Ajuda a suportar uma manutenção de peso saudável;
-O suplemento de cromo pode suportar uma visão saudável;
-Suporta um equilíbrio saudável do colesterol.

 A Vitamina D3 atua de maneira direta no cuidado e preservação dos ossos. Indivíduos com deficiência de Vitamina D3 podem chegar a ter 30% menos de cálcio em suas dietas. A ausência desta vitamina podem acarretar doenças mais graves como o raquitismo em crianças e a osteoporose em adultos. O uso da mesma pode contribuir na redução do aparecimento da diabete, isso ocorre pois a vitamina D causa um tipo de secreção de insulina fazendo com que o corpo tenha condições de processar o açúcar e dessa forma evitar o aparecimento da diabete.
Por meio de estudos realizados, pesquisadores identificaram que pessoas com deficiência em vitamina D3 em seu organismo tendem a ter diminuição da força muscular, por outro lado pessoas que fazem uso de suplementação ou alimentação contendo Vitamina D3 conseguem obter uma síntese de proteínas que ajudam a conseguir um crescimento de massa muscular, fazendo com que estes músculos consigam gerar mais força e resistência. Outra vantagem no ganho de massa muscular usando a vitamina D esta ligada a obter bons níveis de testosterona.
O uso da Vitamina D3 pode evitar doenças como mal de Alzheimer e Parkinson em pessoas idosas, além de controlar transtornos de mudança de humor como casos de depressão.
Para que haja a absorção pelo organismo da Vitamina D3, é imprescindível a exposição ao sol, pois ela é ativada na pele por meio dos raios ultravioletas. Através da alimentação também é possível conseguir produzir a D3, mesmo que em pequenas quantidades, entretanto conforme especialistas, um adulto precisaria, aproximadamente, consumir 5 microgramas por dia de vitamina D3 e idosos, em geral, o dobro.
Com esta quantidade é praticamente impossível chegar a essa quantidade somente com a dieta ou exposição ao sol, existe também a possibilidade de repor a vitamina D3 com suplementação. A dose diária, entretanto, deve ser indicada sob orientação de um profissional, para que não haja uma hipervitaminose (dose excessiva de uma ou mais vitaminas).

POSOLOGIA:

Tomar 1 cápsula 2 vezes ao dia antes das refeições.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: 
MACÊDO, Érika Michelle C. de et al. Efeitos da deficiência de cobre, zinco e magnésio sobre o sistema imune de crianças com desnutrição grave. Revista Paulista de Pediatria, v. 28, n. 3, p. 329-336, 2010.
DE SOUZA, Daniela Carla Gonçalves; DO CARMO, Gabriéla Silva; ELISANDRA DE MELLO, D. É. O. HIPERTENSÃO: OS BENEFÍCIOS DA DIETA RICA EM POTÁSSIO E MAGNÉSIO. ANAIS DO FÓRUM DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO UNIFUNEC, v. 8, n. 8, 2017.
GOMES, Mariana Rezende; ROGERO, Marcelo Macedo; TIRAPEGUI, Julio. Considerações sobre cromo, insulina e exercício físico. Revista brasileira de medicina do esporte, v. 11, n. 5, p. 262-266, 2005.
-MARQUES, Cláudia Diniz Lopes et al. A importância dos níveis de vitamina D nas doenças autoimunes. Revista Brasileira de Reumatologia, v. 50, n. 1, p. 67-80, 2010.
-PEDROSA, Márcia A. Carneiro; CASTRO, Marise Lazaretti. Papel da vitamina D na função neuro-muscular. Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia, v. 49, n. 4, p. 495-502, 2005.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “MAGNÉSIO 150 MG + CROMO 250 MCG + VIT. D3 1000UI – 60 CÁPSULAS”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *