QUANTICALM – 60 CÁPSULAS

R$39,00

Passiflora (Maracujá) tem na sua composição passiflorina, flavonoides, C-glicosídeos e alcaloides, com propriedades sedativa, calmante, sonífera e hipnótica, sendo por isso útil no tratamento da ansiedade, tensão nervosa, insônia e dificuldade de concentração.

Mulungu ajuda no tratamento de estados emocionais como histeria,insônia, neurose, ansiedade, agitação, depressão, ataque de pânico, compulsão, distúrbio de sono; e de doenças como hepatite, esclerose, pressão alta, cistite, epilepsia, insuficiência urinária, gengivite ou bronquite asmática.

Valeriana (Valeriana officinalis) é uma planta perene, com flores brancas e rosadas e aroma adocicado, nativa das zonas temperadas da Europa e da Ásia. É conhecida por ser dotada de propriedades antiespasmódicas, sedativas, calmantes, soníferas, anticonvulsivantes, relaxantes e soporíferas (que provocam o sono).

Contra indicação: A passiflora está contraindicada para pacientes com hipotensão arterial. A passiflora não deve ser usada durante a gravidez, ou em fase de amamentação, pois possui substâncias em seu extrato que causam aumento da contração uterina. O mulungu está contraindicado para indivíduos que usam medicamentos anti-hipertensivos. É contra-indicado na gravidez, na lactação, para crianças menores de 6 anos, epilepsia, doença de parkinson e outras doenças neurológicas.

SKU: MPVIRT0008945 Categorias: , ,

Descrição

A Passiflora (Passiflora incarnata) é mais conhecida por seu fruto, o maracujá. Ela possui boas quantidades de flavonoides. Eles apresentam vários efeitos biológicos e farmacológicos, incluindo atividade antibacteriana, antiviral, anti-inflamatória, antialérgica e vasodilatadora. Ação calmante: A passiflora estimula a liberação de hormônios que levam ao relaxamento e sensação de bem-estar. Por isso, a planta é benéfica em casos de insônia.Um dos maiores benefícios da passiflora em relação a outros ansiolíticos e sedativos é o fato de ser um medicamento fitoterápico, possuindo uma baixa toxicidade no organismo. Apresenta-se em forma de cápsulas, de administração oral, indicado para uso adulto e pediátrico e pode ser adquirido sem a necessidade de prescrição médica. Acredita-se que a presença dos alcaloides harmina e harmalina, possam ser eficazes contra o Mal de Parkinson, porém ainda não há detalhamento dos mecanismos. As harmalas, substâncias presentes na passiflora inibem o consumo excessivo e desnecessário de oxigênio pelo cérebro. Acredita-se que estes compostos também são responsáveis por diminuir os níveis de circulação e respiração, reduzindo a pressão arterial. 

Mulungu, cujo nome científico é Erythrina mulungu,tem longo uso na medicina popular brasileira, sendo uma planta medicinal muito encontrada na Floresta Amazônica, o Mulungo é usado como um sedativo e calmante natural para problemas do sistema nervoso, incluindo estresse, ansiedade e depressão. Como sonífero natural possui efeito hepatônico, ajudando a equilibrar e fortalecer o fígado. O Mulungu também alivia a tosse e os sintomas do stress, ansiedade, depressão, histeria, ataques de pânico e transtornos compulsivos, sendo útil ainda para pessoas que sofrem de insônia e agitação durante o sono. O efeito calmante da planta também pode beneficiar algumas pessoas que sofrem de abstinência de nicotina (cigarro) ou uso de drogas. Estudos estão sendo conduzidos para verificar sobre os possíveis benefícios do mulungu para o coração, sobretudo para controle da hipertensão arterial e palpitações. Os alcaloides presentes nas espécies do gênero Erythrina estão sendo estudados como possíveis regulamentadores de hipotensores. Acredita-se que baixas doses de Mulungu auxiliam no processo de memória, enquanto doses mais altas atuam como bloqueadores neuromusculares e possuem ação sedativa como principais efeitos. Alivia a ansiedade e estresse; Relaxa a mente e corpo; Promove um sono reparador.

Valeriana (Valeriana officinalis) é utilizada em casos de insônia por seu efeito tranquilizante e relaxante, a planta possui efeito sedativo, calmante, antiespasmódico, sonífero, relaxante e anticonvulsionante. A planta é indicada em caso de ansiedade, estresse, epilepsia, insônia ou para quem está parando de fumar. Além de possuir propriedades que inibem a vontade de comer. Benefícios do Produto: • Ajuda a dormir melhor, sono descansado; • Ajuda no combate a ansiedade e o estresse; • Estudos indicam sua ação na modulação da atividade cerebral; • Auxilia no relaxamento saudável; • Auxilia no sistema gastrointestinal (alivia cólicas e espasmos musculares). É importante observar que a Valeriana possui um forte odor, não muito agradável. Este odor desagradável é completamente normal e deve ser esperado.

Modo de usar: Tomar 1 Cápsula 2 horas antes de dormir.

Referências:

  1. – LAKHAN, Shaheen E.; VIEIRA, Karen F. Nutritional and herbal supplements for anxiety and anxiety-related disorders: systematic review. Nutrition journal, v. 9, n. 1, p. 42, 2010.
  2. – BRAUN, Lesley; COHEN, Marc. Herbs and Natural Supplements, Volume 2: An Evidence-Based Guide. Elsevier Health Sciences, 2015.
  3. – KHAN, Haroon; NABAVI, Seyed Mohammad. Passiflora (Passiflora incarnata). In: Nonvitamin and Nonmineral Nutritional Supplements. Academic Press, 2019. p. 361-366.
  4. – SILVA, Lailson Suelisson de Almeida. Potencial terapêutico de Erythrina velutina (mulungu) na ansiedade e insônia: uma revisão da literatura. 2020.
  5. – SCHLEIER, Rodolfo; QUIRINO, Cristiane Sacuragui; RAHME, Samir. Erythrina mulungu–descrição botânica e indicações clínicas a partir da antroposofia. Arte Médica Ampliada, v. 36, n. 4, p. 162-167, 2016.
  6. – VASCONCELOS, Silvânia MM et al. Anticonvulsant activity of hydroalcoholic extracts from Erythrina velutina and Erythrina mulungu. Journal of ethnopharmacology, v. 110, n. 2, p. 271-274, 2007.
  7. – FERNÁNDEZ, Sebastián et al. Sedative and sleep-enhancing properties of linarin, a flavonoid-isolated from Valeriana officinalis. Pharmacology Biochemistry and Behavior, v. 77, n. 2, p. 399-404, 2004.
  8. – NANDHINI, SUNDARESAN; NARAYANAN, K. B.; ILANGO, KALIAPPAN. Valeriana officinalis: a review of its traditional uses, phytochemistry and pharmacology. Asian J Pharm Clin Res, v. 11, n. 1, p. 36-41, 2018.
  9. AS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS DO FORNECEDOR se encontram em nosso departamento técnico farmacêutico, baseadas nas literaturas e materiais de nossos fornecedores.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “QUANTICALM – 60 CÁPSULAS”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *